in

Conheça as duas moedas de 10 centavos que podem valer até MIL reais!

Existem situações em que esses exemplares podem valer consideravelmente mais dinheiro, especialmente se apresentarem algum tipo de erro de fabricação.

Você já ouviu falar que duas simples moedas de dez centavos podem ser avaliadas em até mil reais cada? Enquanto a maioria das moedinhas de dez centavos que temos no bolso se equipara exatamente ao valor que representam, existem exemplares que são exceções notáveis, valorizando-se não somente pelo montante que indicam, mas também pela sua escassez e atributos distintos.

Vamos dar um mergulho no mundo das moedas e sacar o porquê de duas delas valerem uma grana alta. Segura essa: vamos contar tudo sobre essas joias raras da numismática. Tá curioso? Então cola aqui que você vai ficar por dentro dessa história!

Moedas de 10 centavos raras

As duas moedas em questão são:

  • Moeda de 10 centavos do ano de 2005;
  • Moeda de 10 centavos do ano de 2008.

Características

A seguir, estão detalhadas as características das moedas de 10 centavos mencionadas acima, conforme informações fornecidas pelo Banco Central (BC):

  • Material: bronze sobre aço;
  • Diâmetro: 20,0 mm;
  • Peso: 4,80 g;
  • Espessura: 2,23 mm;
  • Bordo: serrilhado;
  • Eixo: reverso moeda (EH);
  • Circulação: de 01/07/1998 até o presente momento;
  • Desenho do Anverso: Efígie de D. Pedro I – proclamador da Independência, primeiro imperador do Brasil -, ladeada pelo dístico Brasil e por cena alusiva à proclamação da independência política do País, ocorrida em 7 de setembro de 1822, em São Paulo, às margens do ribeirão Ipiranga;
  • Desenho do Reverso: À esquerda, linhas diagonais de fundo dão destaque ao dístico correspondente ao valor facial, seguido dos dísticos centavos e o correspondente ao ano de cunhagem.

Dom Pedro I

Uma das principais características das moedas de 10 centavos é a representação de uma figura proeminente da história do Brasil: Dom Pedro I. Ele desempenhou um papel fundamental no processo de Independência da Coroa Portuguesa.

Segundo historiadores, Dom Pedro I foi amplamente criticado por seu autoritarismo, o que levou ao seu afastamento das elites brasileiras. Em meio à crise política, ele abdicou do trono em 1831 e retornou a Portugal.

Valores

Entretanto, quais são os valores atribuídos a essas moedas de 10 centavos? É fundamental destacar que estamos lidando com moedas destinadas à circulação comum, o que significa que, em condições normais, seus valores podem não ser muito altos.

No entanto, existem situações em que esses exemplares podem valer consideravelmente mais dinheiro, especialmente se apresentarem algum tipo de erro de fabricação. Vejamos abaixo:

Moeda de 10 centavos do ano de 2005 com um traço sobre o número 10:

  • MBC: R$ 70,00
  • SOBERBA: R$ 180,00
  • FLOR DE CUNHOR$: 500,00

Moeda de 10 centavos do ano de 2005 com a matriz de cunho duplicada (palavra BRASIL duplicada):

  • MBC: R$ 70,00
  • SOBERBA: R$ 180,00
  • FLOR DE CUNHO: R$ 500,00

Em ambas as situações, os valores podem ser ainda mais significativos se você possuir uma moeda certificada com essas características. Nesse caso, o valor pode chegar a até R$ 1,2 mil para cada uma, totalizando mais de R$ 2,4 mil apenas com a venda de duas moedas de 10 centavos.

Afinal, o que é numismática?

Numismática é o estudo e coleção de moedas, cédulas, medalhas e outros objetos relacionados à numária, ou seja, ao dinheiro.

É uma área multidisciplinar que abrange aspectos históricos, artísticos, econômicos e culturais relacionados à produção e circulação de moedas ao longo do tempo e em diferentes regiões do mundo.

Os numismatas, ou colecionadores de moedas, estudam a história e a evolução das moedas, analisam sua composição, desenhos, valores e outros atributos, além de valorizarem o aspecto estético e artístico das peças.

A numismática também inclui o estudo de técnicas de fabricação de moedas, padrões de circulação, contextos históricos e sociais em que as moedas foram utilizadas, entre outros aspectos.

Como preservar uma moeda rara ?

Preservar uma moeda rara ou antiga é essencial para manter sua integridade e valor ao longo do tempo. Aqui estão algumas dicas sobre como preservar adequadamente uma moeda antiga:

  1. Manuseio cuidadoso: Sempre manuseie a moeda com as mãos limpas e secas. Evite tocar na superfície da moeda, especialmente nas áreas onde estão as figuras ou inscrições, preferindo segurá-la pelas bordas.
  2. Evite limpeza agressiva: Nunca limpe a moeda antiga com produtos abrasivos ou substâncias químicas. Isso pode danificar permanentemente sua superfície e reduzir seu valor. Em vez disso, se necessário, limpe delicadamente com água destilada e uma escova de cerdas macias.
  3. Armazenamento adequado: Guarde a moeda em um local protegido da umidade, poeira e luz direta do sol. Utilize recipientes próprios para moedas, como cápsulas de plástico transparente ou folhas de plástico para álbuns de colecionadores, para evitar o contato direto com outros materiais.
  4. Evite exposição ao ar livre: Mantenha a moeda protegida dentro de casa, longe de ambientes externos que possam expô-la a condições adversas, como umidade, poluição atmosférica e variações extremas de temperatura.
  5. Monitoramento regular: Verifique regularmente o estado de conservação da moeda para identificar sinais de deterioração, como oxidação ou manchas. Se notar qualquer problema, consulte um profissional de numismática para orientação sobre conservação e cuidados adicionais.
  6. Documentação e registro: Mantenha um registro detalhado da história da moeda, incluindo sua origem, valor, data de aquisição e quaisquer outras informações relevantes. Isso pode ser útil para futuras avaliações e para manter o valor histórico da moeda.

Seguindo estas dicas, você estará contribuindo para preservar adequadamente sua moeda antiga e proteger seu valor ao longo do tempo.

Onde Vender Moedas Raras?

Se você está procurando vender suas moedas raras, há diversas opções disponíveis. Contudo, antes de tomar essa decisão, é crucial realizar uma avaliação preliminar do valor das moedas.

Para isso, é possível enviar fotos e informações para especialistas, como a Brasil Moedas Leilões.

Após obter a avaliação, você pode explorar diferentes alternativas para vender suas moedas raras. Algumas das melhores opções incluem:

  • Site da Sociedade Numismática Brasileira;
  • Lojas especializadas em numismática;
  • Leilões de moedas;
  • Plataformas de comércio eletrônico, como eBay, Amazon e Mercado Livre;
  • Casas de compra de moedas;
  • Participação em encontros presenciais;
  • Utilização de anúncios especializados em numismática.

Anunciar suas moedas em plataformas como eBay ou Mercado Livre pode ser vantajoso, pois você pode encontrar compradores dispostos a pagar um valor mais elevado pelas suas moedas raras.

Além disso, você evita taxas ou comissões de intermediários, pois a transação é direta entre você e o comprador. No entanto, é importante estar atento aos custos de envio e possíveis taxas administrativas do site antes de concluir a negociação.